Arquivo da categoria: Menu

Pedido de Apoio

o melhor dia do ano

 
Pessoas que seguem este blog e gostam do conteúdo dele;

Eu lhes peço um apoio. Estou fazendo um curta metragem e ele está sendo financiado coletivamente, pelo Catarse. Ser financiado coletivamente, significa que várias pessoas estão dando seu dinheiro, voluntariamente, para que o projeto aconteça.

Dessa forma eu venho aqui pedir o apoio de vocês, que gostam do conteúdo que faço aqui e me acompanham. As contribuições iniciam em 10 R$ e, a partír de 15 R$, há premiações maravilhosas que incluem DVDs da Versátil, Camisas do filme, posteres, Roteiro autografado, A senha da pré estréia online do filme e até seu nome como patrocinador Oficial do filme!

Caso não possa contribuir financeiramente; a divulgação do projeto nas suas redes sociais e entre seus amigos e família é de grande ajuda, também.

Deem uma olhada na página e, por favor, contribuam com o filme; é um projeto muito importante para mim, para equipe e para outras pessoas que viveram essa história. Então ajudem o projeto a sair do papel!

https://www.catarse.me/omelhordiadoano

Mostra dos Irmãos Dardenne em Brasília

Para quem é de brasília, o CCBB realizará uma mostra dos irmãos Dardenne de 10 a 29 de fevereiro com entrada franca; haverá, no dia 15, um debate com os críticos Cid Nader, editor chefe da Cinequanon, e Marcelo Miranda, redator da revista filmes polvo. A patír do dia 17/02, a mostra ocorrerá nas unidades do CCBB em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Na mostra serão exibidos alguns dos seus filmes mais premiados (pelo menos em grandes festivais) como “La Promesse” (1996), “Rosetta” (1999), “O Filho” (2002), “A Criança” (2005), “O Silêncio de Lorna” (2008), “O Garoto da Bicicleta” (2011) e o mais recente Dois Dias, Uma Noite” (2014). Haverá, também, a exibição de filmes de pouca ou nenhuma circulação no Brasil como “Leçon d’Une Université Volante” (1982), Lorsque Le Bateau de Léon M. Descendit La Meuse pour La Première Fois” (1979), “Pour que la Guerre s’Achève, Les Murs Devaient s’Écrouler” (1980), R… ne Répond Plu’s” (1981) e Regard Jonathan/Jean Louvet, Son Oeuvre” (1983).

Tenho que admitir que não conheço a obra dos Irmãos Dardenne. Nem um filme sequer. Algo que pretendo mudar um dia desses… e também algo que realça o valor de uma mostra dessas. Importante por ser uma exibição da obra de um grupo realizador; mais importante por exibi-las no cinema, e mais importante ainda por exibir filmes de cineastas pouco conhecidos pelo público geral e, em alguns casos, pelo público especializado (como é o meu).

Retrospectiva Godard em Brasília

Para quem é de Brasília,

De 21 de outubro a 30 de novembro acontece a retrospectiva Jean-Luc Godard, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em Brasília, com ingressos por R$ 4,00 a inteira.

Na retrospectiva, será exibida toda obra do cineasta francês, incluindo dois de seus primeiros curtas, Operátion Béton (1954) e Une Femme Coquette (1955), além de obras pouquíssimo vistas no Brasil, como Salve a Vida (quem puder), de 1980, e um dos episódios de Seis Vezes Dois (1976), uma série de 12 filmes feitos para a tv.

Também, serão exibidos seus filmes mais conhecidos como Acossado (1960), Uma Mulher é uma Mulher (1961), O Desprezo (1963), Bande à Part (1964), O Demônio das Onze Horas (1965) e outros mais.

Paralelamente a retrospectiva, será oferecido um curso que acontecerá nos dias 5 e 6. “Godard e o futuro do cinema”, será ministrado por João Lanari, cineclubista, crítico, fundador da revista Cine-olho e professor de cinema da UNB e visa pensar o futuro da sétima arte segundo Godard.

No dia 14 de novembro, haverá um debate com a presença de Mike Peixoto, crítico e colaborador da revista Cinética e Alex Vidigal, especialista em artes visuais e mestre pela Universidade de Brasília.