XI Panorama Internacional Coisa de Cinema – Domingo (01/11/2015) –

Longas-Metragem

As Mil e uma Noites – Volume 1, O Inquieto

Uma análise forte da situação portuguesa depois dos anos e 2013 e 2014, e também um forte ponto sobre o embate criativo de se realizar um filme. É quase palpável a melancolia que perpassa a produção; há o desejo de se realizar um produto fantasioso e escapista, mas a situação vivida pelo realizador é muito forte para que seja colocada em segundo plano, e ele decide por uma espécie de híbrido do real e surreal, que em si mesmo já ressalta algum incômodo ou mal estar presente.

A justificativa é estranha, visto que até um filme fantasioso receberia uma carga do estado de espírito do diretor, mesmo que de formas involuntariamente dispersas. Me peguei algumas vezes pensando sobre isto, de maneira que é algo de certa forma desesperador esta influência do sentir sobre a atividade artística. Mesmo tendo em mente o mais feliz e aconchegante dos filmes, há sempre a marca da vivência individual do realizador. Se ele está sentindo dor, a dor penetrará no filme de alguma maneira.

O diretor parece correr de si mesmo (como faz literalmente numa cena em que sai correndo da equipe de filmagem), num eterno embate entre duas tendências que não são tão contrárias assim, mas que pela superfície aparentam ser. Estranhamente no filme estão presentes essas duas tendências; o realismo cru, através de relatos supostamente documentais de pessoas em situações muito complicadas, e metáforas através de situações surreais, como alguns contos que envolvem um mago africano e alguns líderes políticos que procuram aumentar seu pênis. Tudo é contado com sensibilidade e poesia; as situações diversas e a música sempre bela criam um ritmo lento e gostoso de toque profundo, mas no final paira sempre uma certa estranheza sobre o que o realizador julga impossível. Certamente difícil, mas daí a impossível…

Direção: Miguel Gomes
Duração: 
125 min.
Ano: 
2015
País: Portugal/França/Alemanha/Suiça

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s